Real People / Are Dangerous


Real People / Are Dangerous foi vetada em 2008 na Nova Zelândia. Agora é apresentada, pela primeira vez, em sua forma e dimensão integrais.


2008 / 2019
292 lâmpadas tubulares de LED e estrutura metálica
2,4 m x 16 m e 2,4 m x 21,5 m


A frase luminosa provocou um imprevisto em Real People/ Are Dangerous. Sobre esta obra e episódio, Gross conta:

“Esse trabalho foi concebido para ser construído em duas passarelas de pedestres, em ruas diferentes da cidade de Christchurch, na Nova Zelândia. Uma conteria a frase “REAL PEOPLE” e a outra, “ARE DANGEROUS”,* ambas construídas com tubos de luz fluorescente vermelha.

A descontinuidade espacial entre as duas partes da frase buscava abrir o sentido e suscitar múltiplas leituras. Por outro lado, quando lidas juntas e reunidas numa afirmação, a junção passava a refletir a retórica do medo que domina e controla muitos aspectos da vida contemporânea.

A segunda parte da frase foi interditada pelas autoridades locais, com o argumento de que a própria palavra “DANGEROUS” era perigosa.”

A ironia contida no desfecho da narrativa aponta para uma situação drástica do campo das artes, quando uma obra chega a ser vetada. Isso acontece por inúmeras razões – na maioria dos casos, trata-se de um choque com o poder, com as instituições e com o controle das autoridades.

Não seria, porém, ainda mais “perigosa” a marca poética e estratégica da artista em deixar o sentido da frase em aberto? Quem passou pelas duas passarelas ou quem conseguiu avistar ao longe viu o enunciado partido ao meio, configurando certa dose de incompletude. O público leitor atento pôde preenchê-lo livremente, atualizando o trabalho a sua maneira, de acordo com uma lógica própria de enfrentamento do mundo que, por vezes, nos faz andar pela cidade anestesiados, distraídos e assustados. Gross deixou evidente a já conhecida cultura do medo que permeia as grandes cidades, diante da ausência ou da falência dos canais democráticos e da sensação constante de silenciamento. Para você, quais outras vozes da cidade a artista traz para a sala expositiva do Farol Santander?


Real People / Are Dangerous
Imagem atual Imagem PNG — 23 KB

Real People / Are Dangerous
Imagem atual Imagem PNG — 8 KB

MP3 audio icon 10. Real People _ Are Dangerous.mp3 — Áudio MP3, 4.41 MB (4619202 bytes)

MP3 audio icon Real people are dangerous.mp3 — Áudio MP3, 1.25 MB (1308946 bytes)


_wSacowBOik

Atualmente não existem itens nessa pasta.